sicnot

Perfil

País

Deslizamento de terras e pequenas inundações em S. Miguel devido a chuva forte

Um deslizamento de terras e algumas inundações foram registadas hoje pelo Serviço de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores na ilha de São Miguel, que está sob aviso vermelho, disse uma fonte daquela organização de socorro.

SIC

As ilhas de São Miguel e de Santa Maria, nos Açores, estão hoje sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva forte e trovoada.

"A partir da 01:30 choveu muito na zona norte de São Miguel, entre os concelhos do Nordeste e da Ribeira Grande. Houve alguma precipitação, mas registámos apenas um deslizamento de terras perto da freguesia da Achadinha, no Nordeste, com obstrução parcial da estrada", adiantou a mesma fonte.

De acordo com o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, as organizações de socorro já estão no local a limpar a via.

A mesma fonte disse ainda que foi registada uma pequena inundação num quintal e outra nas traseiras de um restaurante.

"São situações simples que serão resolvidas rapidamente", disse a mesma fonte, acrescentando que às 08:00 locais (09:00 em Lisboa) a chuva diminuiu de intensidade.

O aviso vermelho, para S. Miguel e Santa Maria, entrou em vigor hoje às 07:00 e irá terminar às 15:00, hora em que as ilhas do grupo oriental dos Açores vão passar a aviso laranja devido às condições meteorológicas, nomeadamente chuva e aguaceiros.

O IPMA emite um aviso vermelho quando está prevista uma situação meteorológica de risco extremo, com o organismo a recomendar que a população se mantenha regularmente ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

Também as ilhas do Faial, Pico, Terceira, Graciosa e São Jorge, do grupo central dos Açores, estão hoje sob aviso amarelo entre as 09:00 de hoje e as 02:59 de terça-feira.

O IPMA prevê para hoje no grupo ocidental (ilhas das Flores e Corvo) céu pouco nublado, aumentando de nebulosidade ao longo da tarde e vento norte bonançoso a moderado.

Nos grupos oriental e central prevê-se céu muito nublado, tornando-se encoberto, períodos de chuva e aguaceiros por vezes fortes, condições favoráveis à ocorrência de trovoadas e vento nordeste bonançoso a moderado, tornando-se muito fresco a forte com rajadas até 90 quilómetros por hora.

Face a estas previsões meteorológicas, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores emitiu um alerta a recordar que o "eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas mais vulneráveis", recomenda "a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações".


Lusa
  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".