sicnot

Perfil

País

Mais de metade dos portugueses considera que tem uma alimentação saudável

Mais de metade dos portugueses considera que faz uma alimentação saudável e quase todos reconhecem que esta é "muito importante para a sua saúde", segundo os resultados da primeira edição do Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal (ONAP).

(Arquivo)

(Arquivo)

© Darren Staples / Reuters

De acordo com o primeiro estudo do ONAP, 90% dos inquiridos consideraram a alimentação como muito importante para a sua saúde, mas apenas 66% consideram fazê-la de forma saudável.

Os mesmos resultados indicam que 65% dos inquiridos fazem quatro refeições por dia e 20% não fazem refeição de prato ao jantar.

As conclusões desta 1ª edição do ONAP, apresentados recentemente, "permitem concluir que há hoje uma maior consciencialização para a importância da alimentação na saúde e qualidade de vida e que o termo saudável já entrou no léxico dos portugueses".

Depois do inquérito nacional à nutrição dos portugueses realizado em 1980 e do estudo sobre Hábitos Alimentares dos Portugueses levado a cabo pela Sociedade Portuguesa das Ciências da Nutrição e Alimentação (SPCNA), em 2009, este estudo vem agora reforçar e atualizar os conhecimentos sobre a forma como os portugueses se alimentam.

O estudo avaliou ainda outros parâmetros como a adição de sal, o consumo de hortícolas, o consumo de saladas e o consumo de fruta. 

Nestes parâmetros, 9,7% dos inquiridos referiram adicionar sal de mesa à refeição, 51,1% consomem sopa de hortícolas uma ou mais vezes por dia, 26% admitem consumir saladas e 56,6% comem duas a cinco peças de fruta por dia.

Os hábitos de refeição estão também incluídos no estudo, que demonstra que 22,3% dos respondentes fazem duas refeições em frente ao computador ou à televisão e 20% admitem não comer refeição de prato ao jantar. 

Além da alimentação, o estudo debruça-se sobre hábitos de vida, tendo concluído que mais de 50% dos inquiridos não praticam exercício físico por falta de vontade.
Lusa
  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.