sicnot

Perfil

País

"Não há explicações psiquiátricas para isto, é um ato de selvajaria"

ENTREVISTA NA ÍNTEGRA

"Não há explicações psiquiátricas para isto, é um ato de selvajaria"

O psiquiatra José Gameiro defende a inexistência de justificações psiquiátricas para o caso de bullying ocorrido há cerca de um ano na Figueira da Foz, tornado público esta semana. José Gameiro considera também que há uma ideia errada relativamente à responsabilidade dos pais do agressor, neste tipo de situações.

  • Vídeo de jovem agredido na Figueira da Foz gera indignação
    3:29

    País

    Um caso de bullying entre estudantes da Figueira da Foz está a provocar uma onda de revolta. Um rapaz é agredido durante 13 minutos por duas adolescentes que vão sendo incentivadas pelos colegas, enquanto um deles grava a situação. O caso aconteceu há cerca de um ano, mas só agora foram reveladas as imagens que podem impressionar pessoas mais sensíveis.

  • Pais e jovem agredido na Figueira da Foz apresentaram queixa na PSP
    2:31

    País

    O vídeo de um rapaz a ser agredido foi gravado há cerca de um ano mas foi mantido em silêncio. Só esta manhã, os pais e o jovem agredido apresentaram queixa na PSP. As imagens chegaram ao gabinete do diretor da escola onde estuda a o aluno agredido. Carlos Santos está chocado com tudo o que viu. As imagens da agressão podem impressionar pessoas mais sensíveis.

  • Ouvidos os oito envolvidos no caso de bullying na Figueira da Foz
    3:19

    País

    Um caso de bullying entre jovens estudantes, na Figueira da Foz, está a gerar indignação. Aconteceu há quase um ano, mas só agora as imagens foram divulgadas. Durante 13 minutos, um rapaz foi agredido por duas adolescentes com estaladas e murros. A queixa-crime já foi apresentada e o Ministério Público abriu um inquérito. Os oito envolvidos já foram identificados e ouvidos. As imagens apresentadas no vídeo que acompanha este texto podem ser consideradas violentas e impressionar as pessoas mais sensíveis.

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.