sicnot

Perfil

País

Portugal hoje vai aquecer, Beja pode chegar aos 40º

A temperatura máxima pode atingir hoje um valor recorde em Portugal para o mês de maio, a confirmarem-se os 40ºC previstos para Beja pela meteorologia.

© Eric Vidal / Reuters

Até hoje, a temperatura mais alta registada em maio, em Beja, foi em 2006, no dia 28, com o termómetro a subir aos 37,2ºC, precisou à Lusa a climatologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Fátima Espírito Santo.

A temperatura mais alta verificada em maio em Portugal foi 39,5ºC, na Régua, a 28 de maio de 2001, e em Elvas, a 31 de maio de 1999, adiantou.

O aumento da temperatura, máxima, generalizado no continente desde o fim de semana passado, deve-se a uma massa de ar quente e seca transportada do Norte de África e do Interior da Europa, esclareceu a meteorologista do IPMA Madalena Rodrigues.

No entanto, a partir de hoje, nas regiões do Litoral Norte e Centro, o termómetro poderá descer 3ºC a 5ºC devido à influência de ar marítimo, que leva ao aumento da humidade.

A descida da temperatura máxima deverá acentuar-se na quinta-feira, estendendo-se às regiões do Vale do Tejo e do Sul, com as máximas a poderem baixar 9ºC a 11ºC, assinalou Madalena Rodrigues. Para Beja, por exemplo, está prevista uma máxima de 29ºC.

Na sexta-feira, é esperada uma descida significativa da temperatura mínima no interior Norte e Centro, para valores entre os 2ºC, nas Penhas Douradas, e os 4ºC, em Bragança.

Segundo as previsões, a temperatura máxima deverá voltar a subir no sábado, para valores da ordem dos 30ºC nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do Alentejo, disse a mesma meteorologista


  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22