sicnot

Perfil

País

Toyota e Nissan fazem recolha de carros em Portugal por defeito no airbag

A Toyota e a Nissan vão recolher às suas oficinas em Portugal 17.500 e 2500 veículos, respetivamente, devido a um defeito no 'airbag', produzido pela empresa Takata e que, a nível mundial está a afetar cerca de 6,5 milhões de carros das duas marcas.

Fonte oficial da Toyota em Portugal disse que a marca "tem realizado vários testes e investigações sobre o detonador de 'airbag' Takata" e que, entre as peças analisadas no mercado japonês, "foi verificado que alguns elementos poderiam conter humidade com o passar do tempo". (Arquivo)

Fonte oficial da Toyota em Portugal disse que a marca "tem realizado vários testes e investigações sobre o detonador de 'airbag' Takata" e que, entre as peças analisadas no mercado japonês, "foi verificado que alguns elementos poderiam conter humidade com o passar do tempo". (Arquivo)

© Heinz-Peter Bader / Reuters

Fonte oficial da Toyota em Portugal disse que a marca "tem realizado vários testes e investigações sobre o detonador de 'airbag' Takata" e que, entre as peças analisadas no mercado japonês, "foi verificado que alguns elementos poderiam conter humidade com o passar do tempo". 

Como resultado, o 'airbag' pode "não deflagrar de acordo com o projetado, em caso de acidente", sendo que a "relação com a intrusão de humidade, se acontecer, com o risco de deflagração em condições não projetadas, não é conhecida".

Assim, a marca representada em Portugal pelo grupo Salvador Caetano vai avisar os seus clientes para o defeito, no sentido de se dirigirem às oficinas para fazerem a reparação.

A Toyota avisa que para o problema do 'airbag' do condutor estão abrangidas 1544 viaturas em Portugal dos modelos Yaris, RAV4 e Hilux, produzidos entre julho de 2003 e dezembro de 2005. Já para o 'airbag' do passageiro, o valor é bastante superior (16.030 unidades), contemplando os modelos Yaris, Corolla e RAV4 produzidos entre março de 2003 e março de 2007.

Segundo o porta-voz da Toyota, "dentro dos próximos dias, a Toyota Caetano Portugal vai contactar diretamente os clientes de viaturas envolvidas (por carta registada) para que, mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à rede oficial de concessionários Toyota".

O mesmo irá fazer a Nissan, que em resposta à Lusa, disse que "em Portugal estão envolvidos 2.458 veículos produzidos, consoante o modelo, no período entre 04 de janeiro 2004 e 30 de março de 2007".

Os modelos em questão são o Almera Tino e Terrano II, produzido em Espanha, o Almera, produzido em Inglaterra e a 'pick-up' X-Trail, produzida no Japão.

Fonte oficial da Nissan disse que a marca "vai começar a enviar cartas aos clientes mas dado serem veículos já com cerca de 10 anos, é possível que já não sejam propriedade do cliente inicial, ou que este tenha mudado de morada, pelo que nestes casos os atuais proprietários deverão contactar um concessionário Nissan, a partir de junho, para marcar a intervenção, a qual não terá quaisquer custos para o cliente".
Lusa
  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.