sicnot

Perfil

País

Trabalhadores portugueses internados em Burgos registam "melhoras"

Os dois portugueses internados no Hospital Universitário de Burgos, Espanha, na sequência de um acidente automóvel registado a 08 de maio, têm registado "melhoras", devendo um deles ser transferido para Portugal ainda esta semana, informou fonte da empresa.

Sapo Mapas

Em declarações à Lusa, Francisco Peixoto, advogado da empresa Pedralbet, com sede em Braga, acrescentou que o ferido mais grave também já saiu dos cuidados intensivos.

"Continua a inspirar cuidados, mas já apresenta algumas melhoras, estando já a ser alimentado por sonda", referiu.

Este trabalhador sofreu vários traumatismos, nomeadamente ao nível craniano e torácico.

O outro trabalhador ainda internado em Burgos sofreu fraturas nas pernas, foi operado e ainda esta semana deverá ser transferido para Portugal, onde continuará em internamento hospitalar.

O acidente, registado na autoestrada espanhola AP-1, na zona de Quintanapalla, Burgos (Espanha), causou três mortos e quatro feridos, todos portugueses.

Os sinistrados vinham de Paris para Portugal e eram operários da construção civil, a trabalhar para a empresa Pedralbet, com sede em Braga, concelho de onde todos eram oriundos.

O acidente ocorreu de madrugada, quando, segundo a descrição da Guardia Civil, a carrinha de transporte de pessoal se despistou, atravessou a faixa de rodagem para o sentido contrário e acabou por capotar.

Dois dos ocupantes, de 44 e 51 anos, morreram no local, enquanto um outro, de 47, faleceu já no Complexo Assistencial de Burgos - Hospital Universitário de Burgos.

Os outros dois sinistrados tiveram alta no mesmo dia
  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01