sicnot

Perfil

País

Jerónimo saúda mais de 2.000 militantes que juntaram sua voz ao PCP

O secretário-geral do PCP congratulou-se hoje com os novos 2.127 militantes do partido, inscritos durante uma campanha de adesão desde o início de 2014, por decidirem ser mais uma voz no coletivo comunista.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

"Nas razões da adesão está a simpatia e o apoio ao partido e seus objetivos, juntando assim a voz de cada um à nossa voz, dando-lhe mais força. Juntam assim a vossa opinião, conhecimento, capacidade, participação e militância ao coletivo partidário e contribuem para um PCP mais forte. 2.127 militantes são uma grande força que aqui se salienta", afirmou Jerónimo de Sousa.

O líder comunista falava perante uma plateia de dezenas dos membros recentes do PCP da capital e da península de Setúbal, reunidos no centro de trabalho Vitória, na avenida da Liberdade.

A operação de angariação de novos membros foi decidida em dezembro de 2013 pelo Comité Central comunista e posta em prática entre janeiro de 2014 e abril passado. De entre estes mais de dois milhares de militantes, 35,2% são mulheres e, no universo geral, cerca de 40% têm menos de 40 anos de idade.

"Na vossa ação como membros do partido coloca-se, desde já, uma tarefa: a mobilização para a marcha nacional "A Força do Povo, Por Um Portugal com Futuro", que se vai realizar aqui em Lisboa, no dia 06 de junho", incitou, após condenar a "corrupção, o saque de recursos e património públicos", com "casos sobre casos e o primeiro-ministro a elogiar e a promover pessoas como Dias Loureiro, profundamente envolvido no escândalo do BPN".

Jerónimo de Sousa voltou a frisar que "Portugal enfrenta uma situação sem paralelo desde o regime fascista, que resulta de 38 anos de política de direita, realizada por sucessivos governos contra as conquistas de Abril, a acabar nos PEC e o pacto de agressão subscritos pelo PS, PSD e CDS-PP, Fundo Monetário Internacional, União Europeia (UE) e Banco Central Europeu". 

Segundo o líder comunista, "o Governo (PSD/CDS-PP) vê o terreno fugir-lhe debaixo dos pés e procura acelerar e criar factos consumados, no agravamento da exploração e ataque a direitos, num criminoso processo de privatizações - do Oceanário às empresas de transportes terrestres, passando pela TAP - e a destruição alastra".

"PSD e CDS, ao mesmo tempo que promovem uma vasta operação de ilusão sobre a grave situação do país, preparam, tal como o PS, em articulação com a UE, a continuação do rumo de exploração, empobrecimento e declínio nacionais, como foi expresso nos chamados Plano Nacional de Reformas e Programa de Estabilidade do Governo e no cenário macroeconómico do PS", acusou.

Lusa
  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.