sicnot

Perfil

País

Oito jovens envolvidos em agressão na Figueira da Foz já foram identificados

Oito jovens envolvidos em agressão na Figueira da Foz já foram identificados

Os oito jovens envolvidos foram identificados e os mais velhos podem incorrer em penas de prisão. Sabe-se também que a principal agressora tem um passado de problemas escolares e não vai à escola há duas semanas. As imagens que se seguem são violentas e podem impressionar as pessoas mais sensíveis.

  • Ouvidos os oito envolvidos no caso de bullying na Figueira da Foz
    3:19

    País

    Um caso de bullying entre jovens estudantes, na Figueira da Foz, está a gerar indignação. Aconteceu há quase um ano, mas só agora as imagens foram divulgadas. Durante 13 minutos, um rapaz foi agredido por duas adolescentes com estaladas e murros. A queixa-crime já foi apresentada e o Ministério Público abriu um inquérito. Os oito envolvidos já foram identificados e ouvidos. As imagens apresentadas no vídeo que acompanha este texto podem ser consideradas violentas e impressionar as pessoas mais sensíveis.

  • Pais e jovem agredido na Figueira da Foz apresentaram queixa na PSP
    2:31

    País

    O vídeo de um rapaz a ser agredido foi gravado há cerca de um ano mas foi mantido em silêncio. Só esta manhã, os pais e o jovem agredido apresentaram queixa na PSP. As imagens chegaram ao gabinete do diretor da escola onde estuda a o aluno agredido. Carlos Santos está chocado com tudo o que viu. As imagens da agressão podem impressionar pessoas mais sensíveis.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.