sicnot

Perfil

País

Portugal com risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta

Todas as regiões do país, com exceção de Angra do Heroísmo, Horta e Ponta Delgada, nos Açores, apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Kai Pfaffenbach / Reuters

De acordo com o IPMA, Aveiro, Beja, Bragança, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Guarda, Leiria, Lisboa, Penhas Douradas, Porto, Portalegre, Porto Santo, Sagres, Santarém, Setúbal, Sines, Viana do Castelo, Viseu, Vila Real e Santa Cruz das Flores estão hoje com risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV).

O IPMA adiantou ainda que Ponta Delgada (S. Miguel) e Horta (Faial) apresentam hoje risco alto enquanto a Horta (ilha Terceira) está com níveis moderados.

Para as regiões com níveis muito altos e altos, o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao sol.

De acordo com o IPMA, a radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível exceder os limites de segurança, sendo que o índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo, com onze.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela até ao final da manhã, em especial no litoral e possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco no Minho e Douro Litoral até ao meio da manhã.

Está também previsto vento fraco a moderado de noroeste, soprando moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, em especial durante a tarde, neblina matinal nas regiões do litoral norte e centro, pequena descida da temperatura mínima nas regiões do interior e descida acentuada da máxima.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 16 e 24 graus Celsius, no Porto entre 15 e 18, em Vila Real, Bragança e Viseu entre 10 e 18, na Guarda entre 11 e 18, em Castelo Branco entre 14 e 25, em Portalegre entre 17 e 28, em Coimbra entre 15 e 20, em Évora entre 12 e 28, em Beja entre 17 e 30, em Faro entre 21 e 30, em Setúbal entre 12 e 26 e em Santarém entre 14 e 24.



  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.