sicnot

Perfil

País

Últimos 2 linces libertados hoje em Mértola

Os últimos dois de dez linces ibéricos abrangidos pela primeira fase de reintrodução da espécie em Portugal são hoje libertados no Parque Natural do Vale do Guadiana, no concelho alentejano de Mértola.

A2882/_Holger Hollemann


A libertação dos animais está marcada para as 15:30 e vai contar com a participação do ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, e do secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Miguel de Castro Neto.

Segundo o ministério do Ambiente, os dois linces machos, "Luso" e "Lítio", são os últimos de dez felinos abrangidos pela primeira fase da época de reintrodução da espécie em Portugal, que começou a 16 de dezembro de 2014 no Parque Natural do Vale do Guadiana, no distrito de Beja.

Após a libertação dos animais, será apresentado o novo Plano de Ação para a Conservação do Lince Ibérico em Portugal (PACLIP). 

No âmbito da primeira fase de reintrodução da espécie em Portugal, já foram libertados, no Parque Natural do Vale do Guadiana, oito animais, mas só sete estão vivos, já que, em março, houve uma "baixa", após a fêmea "Kayakweru", que tinha sido libertada em fevereiro, ter sido encontrada morta, por envenenamento. 

O lince ibérico tinha praticamente desaparecido do território português na década de 90, tendo sido considerado uma espécie "criticamente em perigo". 

O animal é um símbolo da conservação dos ecossistemas mediterrânicos e uma espécie única, endémica de Portugal e de Espanha, classificada, pela União Internacional para a Conservação da Natureza, como o felino mais ameaçado do mundo.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05
  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00