sicnot

Perfil

País

Temperaturas máximas vão descer entre 5 e 10 graus na terça-feira

As temperaturas máximas vão descer entre cinco e dez graus Celsius e as mínimas entre dois e cinco, a partir de terça-feira em Portugal continental, disse à agência Lusa o meteorologista Manuel Mendes.

REUTERS

"As temperaturas máximas vão sofrer uma descida acentuada entre cinco e dez graus a partir de terça-feira devido à aproximação de uma superfície frontal de fraca atividade, que está associada a uma massa de ar mais fria do que a que estávamos a sentir nos últimos dias", explicou à Lusa o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o especialista, "esta descida vai estender-se até quarta-feira", dia a partir do qual está prevista uma ligeira inversão da descida, "mas ainda é só uma tendência, ainda não é uma certeza".

De acordo com Manuel Mendes, para hoje prevê-se no continente céu geralmente pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade durante a tarde nas zonas montanhosas das regiões norte e centro, onde há possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos e dispersos.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante leste, rodando para noroeste a partir do meio da manhã e tornando-se gradualmente moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas da ordem de 60 quilómetros por hora a partir do meio da tarde no litoral a norte do Cabo Espichel e uma descida da temperatura máxima nas regiões do litoral.

"O estado do tempo vai mudar já a partir das 00:00 de terça-feira, com descida de temperatura e vento forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora, o que levou já o IPMA a emitir um aviso amarelo para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro", adiantou.

Além das temperaturas máximas, o IPMA prevê também a partir de terça-feira uma descida das mínimas entre dois a cinco graus.

  • Maria Cavaco Silva "muito espantada" com caso Raríssimas
    0:56

    País

    Maria Cavaco Silva disse hoje que ficou surpreendida e preocupada com as suspeitas de irregularidades na associação Raríssimas. A ex-primeira dama garante que desconhecia a situação e afirma que Portugal não é "abonado" ao ponto de poder desperdiçar o trabalho feito, lembrando que os utentes não podem sofrer com a polémica.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela. 

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28