sicnot

Perfil

País

Atrizes e advogados entre candidatos a deputados pelo partido Livre/Tempo de Avançar

Já são mais de 100 os nomes de candidatos a deputados pelo partido Livre/Tempo de Avançar. O anúncio das eleições primárias tinha sido lançado no congresso fundador, em janeiro. Na altura, Rui Tavares explicou que o objetivo era ganhar candidatos independentes e acabar com o que chamou de "política por convite."

O líder do partido Livre/Tempo de vançar, Rui Tavares (em pé, à direita).

O líder do partido Livre/Tempo de vançar, Rui Tavares (em pé, à direita).

Lusa

Com inscrições abertas desde o dia 25 de abril, a candidatura Livre/Tempo de Avançar anuncia agora alguns dos nomes fortes, de dentro e fora da vida político-partidária, que responderam ao desafio.

Em Lisboa, a ex-deputada bloquista Ana Drago e o sindicalista António Avelãs são dois dos nomes em cima da mesa. 

No distrito de Setúbal, surge como candidata a deputada a atriz São José Lapa, enquanto no Porto, um dos nomes que vai a votos é o do advogado Ricardo Sá Fernandes.

O prazo para a entrega de candidaturas às eleições primárias termina esta quinta-feira.
  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.