sicnot

Perfil

País

Autopromoções da SIC premiadas

As autopromoções das SIC voltaram a ser consideradas, pelo segundo ano consecutivo,  as mais criativas da televisão portuguesa,

Na edição deste ano do Prémio Meios & Publicidade Criatividade em Autopromoções, a SIC obteve  21 distinções, 6 dos quais respeitantes as promoções da Sic Notícias.
Tal como na primeira edição do concurso, a SIC foi a estação mais premiada.
Com 21 medalhas, a SIC obteve metade (50%) dos prémios ontem distribuídos no concurso de televisão – 42 no total.

A TVI com 9 prémios e a RTP com 7 foram os segundo e terceiro canais mais distinguidos.
A uma enorme distância da SIC.
A cerimónia de entrega dos prémio decorreu ontem à noite no Pavilhão de Portugal em Lisboa.
Para além da Televisão, foram ainda distribuídas distinções nas áreas da Rádio, Imprensa e Digital.
A Rádio Comercial venceu o Grande Prémio de Autopromoção com o spot de homenagem a Carlos do Carmo.
Em baixo junto a lista completa do prémios atribuídos na área da televisão e as respetivas distinções.
  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.