sicnot

Perfil

País

Dez distritos sob aviso amarelo devido ao vento e agitação marítima

Dez distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de vento forte e agitação marítima, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

ANTÓNIO ARAÚJO

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão sob aviso amarelo desde as 06:00 de hoje e até às 05:59 de quarta-feira devido à previsão de vento forte, com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora, em especial no litoral.

O IPMA colocou também sob aviso amarelo os distritos de Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro devido à previsão de agitação marítima forte com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.

Segundo o IPMA, o aviso amarelo para agitação marítima entrou em vigor às 06:00 de hoje e termina às 08:59 de quarta-feira.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, é emitido pelo IPMA quando há risco para determinadas atividades que dependem do estado do tempo.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de muita nebulosidade nas regiões do litoral oeste a sul do Cabo Mondego até meio da manhã, vento moderado de noroeste, soprando moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas da ordem de 70/80 quilómetros por hora e descida de temperatura, sendo acentuada da temperatura máxima.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre os 15 e os 21 graus Celsius, no Porto entre 11 e 20, em Viseu e em Bragança entre 10 e 22, na Guarda entre 9 e 19, em Castelo Branco e em Portalegre entre 15 e 27, em Évora entre 11 e 28, em Beja entre 14 e 29, em Faro entre 16 e 27, em Setúbal entre 15 e 22, em Coimbra entre 12 e 22 e em Santarém entre 14 e 23.


Lusa


Lusa
  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.