sicnot

Perfil

País

Recluso do EP de Sintra morre devido a meningite bacteriana

Um recluso do Estabelecimento Prisional de Sintra morreu segunda-feira à noite devido a meningite bacteriana e os três colegas de cela estão em "observação e isolamento", informou hoje a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Estabelecimento Prisional de Sintra

Estabelecimento Prisional de Sintra

Arquivo SIC

Os serviços prisionais adiantam que as causas de morte apontadas pelo hospital de Cascais são meningite bacteriana e VIH/SIDA, tendo o recluso dado entrada naquele hospital depois de se ter sentido mal, na segunda-feira de manhã e após ter sido observado pelos serviços clínicos da prisão de Sintra e pelo INEM.

A DGSP refere também que o recluso da cadeia de Sintra era "regularmente seguido nos serviços clínicos".

"Face à suspeita de meningite, sem que se conhecesse ainda o tipo, foi clinicamente decidido proceder, imediata e preventivamente, à observação e isolamento dos três reclusos que compartilhavam o espaço celular com doente, sendo que, até ao momento, não há qualquer situação de manifestação de doença em qualquer recluso ou funcionário, nem, tão pouco, se encontra alguém internado em qualquer unidade hospitalar por este motivo", salienta a direção geral.


Lusa
  • Eduardo Cabrita nomeado ministro da Administração Interna

    País

    O primeiro-ministro propôs esta quarta-feira ao Presidente da República a nomeação de Eduardo Cabrita para o cargo de ministro da Administração Interna e de Pedro Siza Vieira para ministro Adjunto do primeiro-ministro. A tomada de posse realiza-se no sábado às 09:00.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08