sicnot

Perfil

País

PS promete financiamento plurianual ao Ensino Superior e mais 100 unidades de saúde familiar

O PS promete no seu projeto de programa eleitoral, hoje apresentado, criar cem novas unidades de saúde familiar em quatro anos e conceder um financiamento plurianual "estável" às instituições de Ensino Superior.

João Tiago Silveira

João Tiago Silveira

SIC

Estas são duas das "21 causas" presentes no projeto de programa eleitoral dos socialistas, medidas que se referem às áreas da educação e da saúde.

Na saúde, o PS apresenta como objetivo máximo "a defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS), repondo ao mesmo tempo "o equilíbrio no seu financiamento".

Como compromisso, os socialistas pretendem criar cem novas unidades de saúde familiar nos próximos quatro anos, o equivalente a "um médico de família para mais meio milhão de portugueses".

No ponto dedicado às universidades e institutos politécnicos, o documento refere a intenção de um Governo socialista celebrar com estas instituições "um pacto de confiança, através de contratos para projetos institucionais com metas e objetivos".

Por esta via, segundo os socialistas, pretende-se assegurar que as instituições de Ensino Superior possam realizar "projetos de longo prazo com garantia de financiamento estável num ciclo plurianual".

Em matéria de combate ao insucesso escolar, no projeto de programa socialista prevê-se a diversificação da oferta formativa e a aposta no ensino profissional nas escolas públicas, em articulação com as empresas.

Para a educação de adultos e formação ao longo da vida, o PS quer criar "um programa de educação e formação de adultos assente na formação, reconhecimento e certificação de competências, tendo em conta as necessidades individuais dos formandos".

  

Lusa
  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57