sicnot

Perfil

País

Novas cidades favorecem obesidade, diz especialista

A modificação da estrutura das cidades, afastando as pessoas para os subúrbios, deixou menos tempo para a atividade física e aumentou a obesidade, alertou hoje o presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade.

© Lucas Jackson / Reuters

Em declarações à Agência Lusa a propósito do dia nacional de luta contra a obesidade, que se assinala no sábado, David Carvalho disse que a situação em Portugal nesta matéria "é preocupante", com o país a ter, com Malta, as mais altas taxas de obesidade infantil da União Europeia, e também das mais altas em relação aos adultos.

O país tem um milhão de adultos obesos, destacou à Lusa, explicando que a situação piorou com a mudança da estrutura das cidades, associada a uma modificação de comportamentos.

"Há mais consumismo e menos disponibilidade para a atividade física. As pessoas passam muito tempo nos transportes, têm uma vida mais sedentária, uma tendência para refeições rápidas e ricas em gordura", disse.

Questionado sobre se não existe atualmente uma maior predisposição para as atividades desportivas David Carvalho considerou que o número dos que praticam exercício não aumentou e que "é difícil chegar aos inativos", pelo que era importante haver condições para que as pessoas pratiquem algum exercício na ida para o emprego.

Depois os portugueses, disse, estão a adotar uma dieta rica em gorduras, deixando de lado as leguminosas. "Hoje feijão e grão é comida de pobre", frisou. Ao contrário dos países nórdicos -- disse -- que tinham maus hábitos alimentares mas que conseguiram modifica-los, os países do sul da Europa "fizeram ao contrário". 

E é preciso, salientou, uma mudança que começa com os mais jovens: "somos modelos para os nossos filhos, se os adultos deixarem de comer sopa as crianças também não a comem".

"Num supermercado o que está ao nível dos olhos das crianças não é a fruta, são os chocolates e os rebuçados. As crianças bebem refrigerantes diariamente, o que devia de ser para um dia de festa é um hábito diário. É importante passar imagens positivas da água, de que beber água é bom", disse.

No sábado, no Ginásio Club Português em Lisboa, vai discutir-se a obesidade como a epidemia do século XXI e a influência do urbanismo.

No início do mês, com base em projeções, a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para uma "grande crise" de obesidade na Europa dentro de 15 anos.

No estudo refere-se que em 2030 quase todos os adultos irlandeses vão ter excesso de peso. 

"O estudo sugere que a obesidade é uma doença social e a crise económica levou a estes dados. Pena que ainda não se tenha feito também em Portugal. Porque as gorduras, em termos de fornecimento de calorias, são mais baratas do que as frutas e hortícolas", disse David Carvalho.

Segundo dados da OMS, quase dois mil milhões de adultos do mundo tinham excesso de peso em 2014, dos quais 600 milhões eram obesos.

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Caso que está a gerar tensão entre Angola e Portugal chega a tribunal 2ª.feira
    1:32

    País

    O julgamento da Operação Fizz começa esta segunda feira numa altura em que o tribunal da Relação ainda não decidiu se aceita o pedido de Luanda para que Manuel Vicente seja julgado em Angola. O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa foi arrolado pelo tribunal como testemunha e já respondeu por escrito. O processo será julgado no tribunal da comarca de Lisboa pelo coletivo de juízes formado por Alfredo Costa, Helena Pinto e Ana Guerreiro da Silva, estando o Ministério Público representado pelo procurador José Góis.

  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo
    1:42
  • Dissonâncias entre EUA e Europa "podem ser ultrapassadas"
    1:04

    Mundo

    O ministro dos Negócios Estrangeiros reconhece que há sinais manifestos de dissonância na política externa da Europa e dos Estados Unidos da América. No dia em que Donald Trump completa um ano na Casa Branca, Augusto Santos Silva diz que acredita, no entanto, que essas divergências podem ser ultrapassadas.

  • Há mais um suspeito do massacre de Las Vegas 
    0:27

    Mundo

    Em outubro passado, Stephen Paddock abriu fogo sobre os espetadores de um concerto de música country, em Las Vegas, matando 58 pessoas e ferindo quase 500, no mais sangrento tiroteio da história norte-americana recente. A novidade é que a polícia federal dos EUA abriu uma investigação sobre um segundo suspeito no tiroteio. A Polícia Metropolitana disse que não há ainda um motivo para o tiroteio mas aponta como uma das possíveis razões o facto de Stephen Paddock ter perdido uma grande quantia de dinheiro. Os investigadores descobriram ainda que o atirador possuía pornografia infantil no seu computador.