sicnot

Perfil

País

Onze alunos hospitalizados devido a queda de extintor em escola de Ovar

A queda de um extintor, esta quinta-feira, na Escola Básica Integrada de São Vicente de Pereira Jusã, em Ovar, levou à hospitalização de onze alunos, com idades entre os 12 e 17 anos, disse à Lusa fonte hospitalar.

Escola Básica Integrada de São Vicente de Pereira Jusã, em Ovar. (Arquivo)

Escola Básica Integrada de São Vicente de Pereira Jusã, em Ovar. (Arquivo)

DR

Os alunos, quatro rapazes e sete raparigas, foram transportados para o Hospital São Sebastião, em Santa Maria da Feira, onde receberam tratamento, tendo três deles já tido alta.

Os restantes oito continuavam em vigilância em Pediatria, pelas 18:30, prevendo-se a alta de todos até ao final do dia.

O alerta para os Bombeiros de Ovar foi dado cerca das 10:30.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros de Ovar, Carlos Borges, disse que o acidente terá tido origem na queda de um extintor que se encontrava no átrio de entrada do edifício.

"Um dos miúdos tocou no extintor que caiu ao chão e libertou o pó, que envolveu as crianças que se encontravam no local", disse o comandante Carlos Borges.

Segundo o mesmo responsável, alguns alunos começaram a sentir uma irritação na garganta e foram assistidos no local, tendo sido posteriormente transportados para o hospital.
Lusa
  • "É preciso despartidarizar o sistema de Proteção Civil", diz Duarte Caldeira
    2:47
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • Arcebispo de Braga pede responsabilidades pelos incêndios
    1:40

    País

    Braga também sofreu um dos mais violentos incêndios dos últimos anos. O fogo descontrolado atravessou várias freguesias e destruiu duas empresas. A igreja, pela voz do arcebispo de Braga, pede ação e o apuramento de responsabilidades, face a esta calamidade.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06