sicnot

Perfil

País

Passagem em troço do Rali de Portugal ameaçada por incêndio em Ponte de Lima

Os responsáveis do Rali de Portugal vão aguardar por sexta-feira de manhã para avaliar a viabilidade de passagem no troço de Ponte de Lima, que está ameaçado por um incêndio.

O incêndio lavra desde as 14:30 numa zona de pinhal na freguesia de Cabração, onde se situa um dos locais destinados ao público desta classificativa do Rali de Portugal, e às 22:30 havia ainda três frentes ativas e 160 bombeiros a combater as chamas. (Arquivo)

O incêndio lavra desde as 14:30 numa zona de pinhal na freguesia de Cabração, onde se situa um dos locais destinados ao público desta classificativa do Rali de Portugal, e às 22:30 havia ainda três frentes ativas e 160 bombeiros a combater as chamas. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O Automóvel Clube de Portugal, promotor do evento, não assumiu uma posição oficial, mas prevê tomar uma decisão às 07:00 de sexta-feira, ou seja, duas horas e 40 minutos antes do arranque da classificativa de Ponte de Lima, a primeira do dia e segunda do rali.

O incêndio lavra desde as 14:30 numa zona de pinhal na freguesia de Cabração, onde se situa um dos locais destinados ao público desta classificativa do Rali de Portugal, e às 22:30 havia ainda três frentes ativas e 160 bombeiros a combater as chamas.

Na sexta-feira, segundo dia do Rali de Portugal, estão previstas seis especiais, com duas passagens nos troços de Ponte de Lima, Caminha e Viana do Castelo.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Ponte Lima espera que alterações climatéricas ajudem a apagar um incêndio Em declarações à agência Lusa, Carlos Lima manifestou-se confiante de que "o arrefecimento noturno e a humidade" vão permitir extinguir as chamas.
Com Lusa
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00

    País

    O interrogatório do suspeito do atropelamento mortal junto ao Estádio da Luz foi adiado para este sábado porque o Ministério Público solicitou uma nova diligência de reconhecimento. Luís Pina nega que tenha atropelado o italiano de forma intencional e defende que foi mero acidente.