sicnot

Perfil

País

Cinco helicópteros Kamov para combate a incêndios estão parados

Cinco helicópteros Kamov usados no combate a incêndios estão parados.

Arquivo SIC

A Autoridade Nacional de Proteção Civil justifica a paragem com a obrigatória avaliação dos meios por parte da empresa que ganhou o concurso público de operação e manutenção dos aparelhos. 

Espera-se que a curto prazo seja possível usar dois ou três dos helicópteros, mas só a 1 de julho, no início da fase mais crítica de incêndios, se prevê que os cinco kamov estejam operacionais. 

Ainda assim, a Proteção Civil diz que o dispositivo atual foi reforçado com mais quatro helicópteros ligeiros e com mais pessoal e viaturas em maior grau de prontidão. 
  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.