sicnot

Perfil

País

Cinco helicópteros Kamov para combate a incêndios estão parados

Cinco helicópteros Kamov usados no combate a incêndios estão parados.

Arquivo SIC

A Autoridade Nacional de Proteção Civil justifica a paragem com a obrigatória avaliação dos meios por parte da empresa que ganhou o concurso público de operação e manutenção dos aparelhos. 

Espera-se que a curto prazo seja possível usar dois ou três dos helicópteros, mas só a 1 de julho, no início da fase mais crítica de incêndios, se prevê que os cinco kamov estejam operacionais. 

Ainda assim, a Proteção Civil diz que o dispositivo atual foi reforçado com mais quatro helicópteros ligeiros e com mais pessoal e viaturas em maior grau de prontidão. 
  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • "Precisamos de uma melhor zona Euro"
    0:30