sicnot

Perfil

País

Cinco helicópteros Kamov para combate a incêndios estão parados

Cinco helicópteros Kamov usados no combate a incêndios estão parados.

Arquivo SIC

A Autoridade Nacional de Proteção Civil justifica a paragem com a obrigatória avaliação dos meios por parte da empresa que ganhou o concurso público de operação e manutenção dos aparelhos. 

Espera-se que a curto prazo seja possível usar dois ou três dos helicópteros, mas só a 1 de julho, no início da fase mais crítica de incêndios, se prevê que os cinco kamov estejam operacionais. 

Ainda assim, a Proteção Civil diz que o dispositivo atual foi reforçado com mais quatro helicópteros ligeiros e com mais pessoal e viaturas em maior grau de prontidão. 
  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.