sicnot

Perfil

País

Sampaio da Nóvoa compromete-se a dar continuidade ao legado de Eanes, Soares e Sampaio

O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa comprometeu-se hoje a dar continuidade ao legado de Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio, considerando que o Presidente da República "não deve agir nem contra nem a favor dos governos ou das oposições".

Na carta de princípios da candidatura a Presidente da República que apresenta hoje, a partir das 19:30, no Porto, e à qual a agência Lusa teve acesso, Sampaio da Nóvoa garante que não vai ser um Presidente passivo e que, tendo um "entendimento estável dos poderes presidenciais", não está vinculado a nenhum compromisso político-partidário e responde apenas perante as pessoas e a consciência. 

"Em tudo, procurarei honrar a confiança em mim depositada, dando continuidade ao legado dos mandatos dos Presidentes Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio", enfatiza, sublinhando que o Presidente da República, ao ocupar uma posição institucional, nacional e suprapartidária, "não deve agir nem contra nem a favor dos governos ou das oposições".

Sampaio da Nóvoa compromete-se ainda a defender "a integração europeia, o cumprimento dos acordos internacionais e a defesa dos nossos interesses nacionais", mas deixa um aviso: "Estarei especialmente atento à celebração, no futuro, de compromissos que reduzam os poderes soberanos do nosso país. Não aceitarei que sejam assumidos sem uma ampla discussão pública e, se a relevância do que estiver em causa o exigir, sem a prévia realização de um referendo nacional".








Lusa
  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC