sicnot

Perfil

País

IEFP já atendeu mais de 1.200 mulheres vítimas de violência doméstica

Mais de 1.200 mulheres vítimas de violência doméstica foram atendidas pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional em sistema de atendimento prioritário e reservado, desde que a medida entrou em vigor, anunciou hoje a secretária de Estado da Igualdade.

SIC

A falar perante os deputados, no decorrer da reunião plenária onde foram apresentados uma proposta de lei do Governo e dois projetos de lei do Bloco de Esquerda e do Partido Comunista (PCP) sobre violência doméstica, Teresa Morais apontou que uma das alterações legislativas que o Governo propõe é o da legislação passar a prever este atendimento reservado e prioritário por parte do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

"Desde que esta medida está em curso, ela já ajudou 1.243 vítimas e todas estas mulheres tiveram nos 84 pontos focais do país do IEFP atendimento prioritário e reservado", adiantou a secretária de Estado.

Por outro lado, relativamente ao projeto, iniciado neste ano, "A Escola vai à Casa Abrigo", Teresa Morais disse que está em marcha, em projeto-piloto, em 14 casas abrigos, com a ajuda de 21 docentes, e que envolve já 82 mulheres vítimas de violência doméstica.

Relativamente à proposta de lei do Governo, a secretária de Estado justificou-a com a necessidade de "expurgar a lei de inutilidades", clarificar normas e trazer para o quadro legal novas realidades.

A esse propósito, Teresa Morais adiantou que as propostas do Governo vão no sentido, entre outras, de trazer uma clarificação da rede pública de apoio à vítima, integração na rede pública da resposta de acolhimento de emergência para vítimas de violência doméstica e a inclusão na lei do atendimento prioritário no IEFP ou no acesso a ofertas de emprego.

Pelo PCP, a deputada Rita Rato adiantou que o projeto de lei comunista vai no sentido de, por exemplo, clarificar o significado de crime violento ou pedir um aumento do adiantamento de indemnização que é dado via Comissão de Proteção às Vítimas de Crimes.

Já o Bloco de Esquerda, por seu lado, pediu medidas concretas no que diz respeito ao afastamento do agressor, pela voz da deputada Cecília Honório.

Sobre essa matéria, a deputada socialista Elza Pais alertou mesmo que ou são encontradas soluções para afastar o agressor em tempo útil ou as mulheres vão continuar a ser assassinadas, às mãos daqueles com quem, em determinado momento, escolheram viver.

As matérias apresentadas tiveram a concordância de todas as bancadas, tendo mesmo a secretária de Estado, no fim, agradecido o consenso em torno das propostas.

Lusa
  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.