sicnot

Perfil

País

Amar quem não nasceu

Amar quem não nasceu

Em todo o mundo acontecem milhares de perdas gestacionais, bebés que morrem ainda durante a gravidez. A perda é mais comum no 1º trimestre mas há muitos casos de interrupções involuntárias da gravidez quando já se aproxima a data do parto. Para os casais que já esperam um filho, à dor da perda junta-se a indignação, porque muitas vezes a sociedade não lhes reconhece o direito ao sofrimento e a sofrerem por uma criança que não chegou a nascer.

  • Lisboa assinala fim das obras no Saldanha
    2:39