sicnot

Perfil

País

Temperaturas descem mas o sol fica

 As temperaturas vão descer gradualmente a partir de hoje, dia em que poderão ocorrer aguaceiros e trovoadas nas regiões do interior, mas o céu vai continuar limpo ou com poucas nuvens nos próximos dias, segundo as previsões meteorológicas.

© Yves Herman / Reuters

"Hoje o céu ainda vai permanecer pouco nublado ou limpo. No entanto, durante a tarde, nas regiões do interior, prevê-se um aumento da nebulosidade e mesmo probabilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada, à semelhança do dia de ontem [quinta-feira]", disse à agência Lusa a meteorologista Cristina Simões, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Esta situação é para terminar hoje, afirmou, acrescentando que no sábado e no domingo o céu já deverá apresentar-se pouco nublado ou limpo.

 A partir de hoje, as temperaturas vão descer gradualmente até ao fim de semana.

"Para o dia de hoje, prevemos 26 graus para Lisboa, 24 para o Porto e para Faro 25", indicou.

No sábado, as temperaturas deverão oscilar entre os 17 e os 25 graus em Lisboa, 17 a 30 em Faro e 15 a 21 no Porto.

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52

    Desporto

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que um blogue associado ao Benfica partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14