sicnot

Perfil

País

Banco Alimentar recolhe mais de 2.100 toneladas de alimentos

Os Bancos Alimentares contra a Fome recolheram este fim de semana mais de 2.100 toneladas de alimentos numa campanha que envolveu mais de 42 mil voluntários.

(LUSA/ ARQUIVO)

Em comunicado, o Banco Alimentar contra a Fome revela que os números representam um acréscimo de 3,9 % em relação à campanha desenvolvida em maio de 2014.

Os alimentos mais doadas na campanha, que decorreu no sábado e no domingo, foram leite, arroz, azeite, massas e enlatados.

Durante esta semana e até domingo, dia 7, será ainda possível contribuir no 'site' www.alimentestaideia.net ou através da campanha "Ajuda Vale", que decorre nos supermercados e nas bombas de gasolina.

Os bens alimentares vão ser entregues já a partir desta semana a 2.650 Instituições de Solidariedade Social e 410.00 pessoas carenciadas apoiadas pelos 21 Bancos Alimentares em todo o país e ilhas da Madeira e Açores.

A última campanha ficou ainda marcada pela utilização de sacos de papel, mais amigos do ambiente do que os tradicionais sacos de plástico, embora estes também fossem recicláveis.


Lusa

  • O mais sério aviso de Marcelo Rebelo de Sousa ao Governo
    3:15
  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • O sorriso de Jorge Jesus quando soube que o símbolo da Juventus mudou
    1:21

    Desporto

    A Juventus surpreendeu grande parte do mundo do futebol quando alterou completamente o emblema. Agora, o símbolo faz lembrar as iniciais do nome do treinador do Sporting. Jorge Jesus não sabia, mas ficou esta terça-feira a saber e parece ter gostado. O técnico de Alvalade regressa quarta-feira ao estádio da equipa italiana, que conhece muito bem.