sicnot

Perfil

País

550 voluntários vão educar jovens para a exposição solar

A Cruz Vermelha Portuguesa inicia hoje a formação de 550 voluntários para ensinar 17 mil jovens a adotar comportamentos saudáveis em ambiente balnear.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Srdjan Zivulovic / Reuters

A Cruz Vermelha Portuguesa inicia hoje a formação de 550 voluntários para ensinar 17 mil jovens a adotar comportamentos saudáveis em ambiente balnear.

O projeto, que nasceu há oito anos, já envolveu cerca de 110 mil crianças a nível nacional. Este ano, são 53 as localidades envolvidas, 550 os voluntários a formar - quase o dobro do ano anterior (292) - e cerca de 17 mil as crianças.

Em declarações à agência Lusa, a vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Cristina Louro confessou que "esta iniciativa faz cada vez mais sentido porque se nota que, apesar de haver muito mais cuidado com o sol, as pessoas ainda não compreenderam a importância que tem não deixarmos, por exemplo, que as crianças, entre as 11 e as 17 horas andem a fazer exposição ao sol", uma vez que "a pele tem memória e, mais tarde, vão sofrer as consequências de tamanha exposição".

A formação dos voluntários vai incidir sobre os riscos de exposição solar e vai ser desenvolvida por uma dermatologista, que vai falar sobre temas como o melanoma cutâneo, a proteção para diferentes tipos de pele e as regras básicas da exposição solar.

Esta sessão decorre hoje na sede da Cruz Vermelha Portuguesa e tem como objetivo "preparar os responsáveis pela implementação do projeto de verão e dotá-los de conhecimento para que se tornem replicadores [do mesmo] pelos seus grupos de voluntários", referiu hoje em comunicado a instituição.

Pela primeira vez em oito anos, as mensagens de proteção solar vão chegar a adolescentes, dos 13 aos 17 anos, e a jovens adultos, dos 18 aos 35, e não só a crianças com idades compreendidas entre os cinco e os 12 anos.

"Estas ações eram fundamentalmente dirigidas a crianças dos 6 aos 12 anos, mas como a Cruz Vermelha tem voluntários até aos 35 anos, achamos uma mais-valia o envolvimento destes jovens, na medida em que é uma faixa etária que consegue comunicar com as outras com muito mais facilidade e eficácia", acrescentou Cristina Louro.

Todos os anos, a Cruz Vermelha conta com centenas de voluntários que acompanham estes grupos de crianças em atividades de verão em ambiente balnear, promovidas pelas autarquias.

Este ano, entre junho e setembro, são 53 as localidades nacionais a beneficiar desta iniciativa. As crianças vão poder usufruir, além dos conselhos, de materiais de índole pedagógica, de proteção solar - loções, bonés e sacos de praia - e de diversos jogos alusivos ao tema da exposição ao sol.

A vice-presidente da Cruz Vermelha, instituição que celebra o 150.º aniversário este ano, espera "um grande sucesso" para esta iniciativa, e sente que há "uma necessidade" de a replicar nos anos seguintes.



Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.