sicnot

Perfil

País

Emigração portuguesa continua a aumentar

Emigração portuguesa continua a aumentar

São cada vez mais os portugueses a sair de Portugal para trabalhar e sobreviver. Só em 2013, 110 mil pessoas abandonaram o país, mais 15 mil do que em 2012. O Observatório da Emigração revela que, apesar do discurso oficial, não há sinais de abrandamento nos fluxos migratórios.

  • Aldeia à espera dos emigrantes
    2:57

    País

    Faltam menos de dois meses para mais um regresso em força dos emigrantes em férias. E à medida que se aproxima agosto, aumenta a ansiedade dos pais que vivem nas aldeias transmontanas à espera dos filhos e netos. A SIC foi visitar a a Aldeia de Babe, em Bragança.

  • CGTP defende que emigração não é solução para os jovens
    0:44

    País

    Dezenas de jovens estão a marchar este sábado, em Lisboa, pela defesa dos direitos laborais e contra a precaridade no emprego. A marcha, organizada pela CGTP, é o culminar de uma semana de protestos, que já percorreu várias cidades do país. Os manifestantes pedem estabilidade laboral. Filipa Costa, coordenadora nacional da Interjovem da CGTP, diz que os jovens exigem trabalhar e que a emigração não é solução.

  • Combate à emigração jovem tem que mobilizar o país, diz Costa
    0:42

    País

    António Costa sublinha os números revelados pelo INE sobre a recessão, em 2012 e 2013, que mostram que o país recuou 15 anos. O secretário-geral do PS falou este sábado, num debate organizado pela Juventude Socialista sobre a emigração jovem portuguesa, onde disse que essa é uma causa que tem que mobilizar o país.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.