sicnot

Perfil

País

Ministra anuncia admissão de 400 guardas prisionais

Ministra anuncia admissão de 400 guardas prisionais

As chefias dos estabelecimentos prisionais entregam hoje no Ministério da Justiça os telemóveis de serviço. Um gesto simbólico para contestar as condições de trabalho a que estão sujeitos. Os guardas lembram que o estatuto profissional foi aprovado há mais de um ano, mas continua por regulamentar. A ministra da Justiça recomenda aos chefes das cadeias que aguardem "com tranquilidade" porque está em curso um concurso para a admissão de 400 novos guardas prisionais.