sicnot

Perfil

País

Comissões de proteção reabriram em 2014 quase oito mil processos de menores em risco

As comissões de proteção reabriram no ano passado quase oito mil processos, tendo diagnosticado mais de três mil situações de perigo para crianças e jovens, segundo o relatório anual de avaliação da atividade destas comissões.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Em 2014, passaram pelas 300 comissões de proteção de crianças e jovens existentes em todo o país, 73.019 processos (mais 1.452 do que em 2013), sendo que destes, 7.993 correspondem a processos que foram reabertos, número que traduz um aumento de 591 processos face ao ano anterior. 

Os processos reabertos resultaram de 8.038 sinalizações feitas pelas comissões, no âmbito das quais foram diagnosticadas 3.078 situações de perigo (38,3% dos processos reabertos) que "fundamentam a aplicação de uma medida de promoção e proteção".

Nestes, destaca-se o aumento da comunicação de situações de maus tratos físicos com mais 0,7% (mais 71 casos) do que em 2013, contrariando uma tendência de descida nos restantes tipos de processos instaurados em 2014.

As situações de exposição a comportamentos que possam comprometer o bem-estar e o desenvolvimento da criança foram as mais comunicadas, correspondendo a 24,5% (1.966) das situações, mais 0,9% (149) do que em 2013.

Regista-se também um aumento das situações de perigo em que esteja em causa o direito à educação, que correspondem a 20,4% das situações, com um aumento de 1,7%(193) e as situações em que as crianças e jovens assumem comportamentos que afetam o seu bem-estar, que correspondem a 15,9%, com um aumento de 2,1% (215) em comparação com 2013.

Por outro lado, a neste tipo de processos, a negligência, que representa 21,4% das situações de perigo, diminuiu 2,2% (103) em comparação com 2013.

À semelhança do que se verificou para os novos processos, também nos processos reabertos se registou "um aumento significativo" no escalão etário acima dos 15 anos.

Em 2014, transitaram de anos anteriores 34.670 processos, um acréscimo de 849 em comparação com o ano anterior.

Foram ainda instaurados 30.356 processos de promoção e proteção, mais 12 processos do que no ano anterior. 

O relatório anual sobre a atividade das comissões de proteção de crianças e jovens em risco foi apresentado hoje em Ovar durante o encontro anual que reúne até sexta-feira cerca de 850 técnicos da área e que analisa a atividade das mais de 300 comissões existentes no país em 2014.
Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.