sicnot

Perfil

País

GNR fiscaliza por todo o país condução sob efeito do álcool e drogas

A GNR revelou hoje que está a realizar em todo o país uma operação de fiscalização à condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas, estando mobilizados para esta ação 5.500 militares.

(SIC/ Arquivo)

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que durante a operação, que teve início na segunda-feira e termina no domingo, os 5.500 militares da Unidade Nacional de Trânsito, da Unidade de Intervenção e dos comandos territoriais vão realizar 2.539 ações de fiscalização.

Segundo a GNR, as ações vão estar direcionadas para as vias onde as infrações por excesso de álcool e por consumo de substâncias psicotrópicas são mais frequentes.

   Em 2014, 26,6 por cento das vítimas mortais registadas nas estradas tinha uma Taxa de Álcool no Sangue (TAS) superior ao máximo permitido por lei e, desse universo, cerca de 80 por cento apresentava uma TAS que já configura crime (igual ou superior a 1.20 gramas por litro), refere a corporação.

Face a esta realidade, a GNR sublinha que tem intensificado as ações de fiscalização ao álcool e às drogas no sentido de prevenir os acidentes de viação associados a estas substâncias.  

Lusa
  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31

    País

    Os condutores portugueses estão a usar cada vez mais o carro e cada vez menos os transportes públicos. Um inquérito apresentado esta terça-feira pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) mostra que quase metade admite falar ao telemóvel enquanto conduz e cerca de um quinto já adormeceu ao volante enquanto conduzia.

  • E os nomeados são... conhecidos hoje

    Cultura

    São, esta terça-feira, conhecidos os nomeados para os Óscares. O anúncio vai ser feito a partir de Los Angeles quando forem 13h00 em Lisboa e seguido em direto numa emissão especial da SIC Notícias.

    Aqui a partir das 13:00

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.