sicnot

Perfil

País

Lisboa pode ficar sem ambulâncias do INEM a partir de segunda-feira

NOTÍCIA SIC

Os tripulantes das ambulâncias do INEM ameaçam não comparecer aos turnos a partir de segunda-feira. Lisboa pode, por isso, ficar sem ambulâncias do INEM a partir dessa data.

(Arquivo)

(Arquivo)

DR

O Instituto Nacional de Emergência Médica admite que não consegue fazer face à falta de recursos humanos e já tinha decidido reduzir os turnos das ambulâncias ao serviço na região de Lisboa, a partir de segunda-feira.

Face a essa decisão, agora são os próprios tripulantes que ameaçam não comparecer ao trabalho.

A ameaça saiu de uma reunião realizada esta tarde, em Lisboa, em que o responsável de delegação regional do sul do INEM pôs o lugar à disposição do conselho diretivo, e os coordenadores dos serviços de ambulância de emergência se demitiram em bloco.

Além de mais recursos humanos, os tripulantes das ambulâncias querem ter um projeto de carreira aprovado, com alterações ao subsídio de risco, o reconhecimento de uma carreira de desgaste rápido e um aumento das remunerações iniciais.
  • "Nós precisamos que os governantes estejam ao lado dos agricultores"
    11:54

    Economia

    Devido à seca, este ano Portugal vai ter a pior campanha de cereais do último século. A falta de chuva também está a afetar as pastagens e a produção de fruta. Eduardo de Oliveira e Sousa, presidente da CAP, a confederação que representa as associações de agricultores, esteve na Edição da Noite para falar sobre o tema.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias