sicnot

Perfil

País

Costa desvaloriza presença de Sampaio da Nóvoa na Convenção do PS

Costa desvaloriza presença de Sampaio da Nóvoa na Convenção do PS

António Costa desvalorizou a presença de Sampaio da Nóvoa nesta Convenção Nacional do PS. O líder dos socialistas insiste que ainda é cedo para falar de presidenciais. Já sobre a intervenção de Francisco Assis, António Costa admite que foi ele que o convidou.

  • Costa acusa Passos de insistir no erro da austeridade
    1:17

    País

    Nas primeiras declarações à chegada ao Coliseu, onde decorre a Convenção do PS, António Costa acusou Paulo Portas de confundir a Constituição com a incompetência deste Governo. O líder do PS acusa também o primeiro-ministro de insistir no erro da austeridade.

  • Passos interrompido por lesados do GES no início do discurso em Aveiro
    2:42

    País

    Pedro Passos Coelho e Paulo Portas atacaram ontem, em Aveiro, o programa e as intenções do PS e anunciaram o nome da coligação. A candidatura conjunta às legislativas vai chamar-se "Portugal à Frente". O comício da noite ficou marcado por um protesto dos lesados do Grupo Espírito Santo (GES) que interrompeu o início do discurso do primeiro-ministro. Passos Coelho diz que esta não é a campanha "do medo, mas do realismo".

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29