sicnot

Perfil

País

Marcha da CDU hoje na Avenida da Liberdade, Lisboa

Milhares de pessoas são esperadas hoje à tarde na Avenida da Liberdade, fechada ao trânsito para a marcha da CDU "A Força do Povo", entre a praça do Marquês de Pombal e a Baixa lisboeta.

LUSA/ ARQUIVO

Os comunistas, que concorrem às legislativas de setembro/outubro juntamente com "Os Verdes" e a Associação Intervenção Democrática (ID) na Coligação Democrática Unitária (CDU), preveem a chegada em massa à praça dos Restauradores, onde está o palco principal, por volta das 16:00.

Antes das intervenções, a banda Ronda dos Quatro Caminhos vai atuar, terminando a iniciativa com o discurso do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, previsivelmente pelas 17:00. Antes, usarão da palavra a deputada ecologista Heloísa Apolónia, o presidente da ID, Corregedor da Fonseca, e a líder da organização juvenil da CDU, Alma Rivera.

Muito perto, no Coliseu, e sensivelmente à mesma hora, o PS encerra a sua convenção nacional para aprovar o programa eleitoral defendido pelo líder, António Costa.

Além de um barco fretado que vai partir do Barreiro, os participantes na marcha vão também concentrar-se no Porto, em Coimbra e em Faro, entre outros locais, rumo à capital, viajando de autocarro.


  Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.