sicnot

Perfil

País

Médicos do IPO/Porto em greve dias 18 e 19 de junho

O Sindicato dos Médicos do Norte (SMN) anunciou a realização de uma greve, nos próximos dias 18 e 19, no IPO/Porto para protestar contra a ilegalidade de os médicos "continuarem impedidos de cumprir o descanso compensatório, após o trabalho noturno".

A distinção, disse fonte do IPO à Lusa, é uma garantia de que os serviços prestados estão de acordo com os protocolos da ESMO. (Arquivo)

A distinção, disse fonte do IPO à Lusa, é uma garantia de que os serviços prestados estão de acordo com os protocolos da ESMO. (Arquivo)

SIC

De acordo com o sindicato, esta situação obriga os clínicos a trabalhar "pelo menos 30 horas seguidas, colocando em risco a saúde e segurança dos doentes oncológicos" mas, em declarações hoje à Lusa, a administração do Instituto de Oncologia do Porto considerou esta paralisação "inoportuna e injustificada".

Segundo o SMN, numa reunião realizada em abril, na sede da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), em Lisboa, com as administrações dos Hospitais EPE e das ARS e as estruturas sindicais, foi esclarecido que "os descansos compensatórios são para cumprir com prejuízo do horário semanal de acordo com a lei (decreto 62/79), o Ofício Circular da ACSS nº1068/2015, os Acordos Coletivos de Trabalho e a decisão da Comissão Tripartida, para compensar a perda de descanso entre jornadas de trabalho e a perda do descanso semanal obrigatório ou feriados".

Em comunicado, o sindicato refere que, na sequência dessa reunião, "os médicos do IPO do Porto entregaram cartas dirigidas ao presidente do Conselho de Administração, Laranja Pontes, a 12 de maio, solicitando o cumprimento dos descansos de acordo com a lei, com previsão da reformulação dos horários que não trouxesse prejuízo da capacidade assistencial".

"As respostas enviadas pela diretora dos Recursos Humanos e pelo presidente do Conselho de Administração foram negativas", referindo, respetivamente, que as "informações constantes do Ofício Circular da ACSS, não serão aplicadas" e que "será aplicado o regime que tem vindo a ser praticado", em termos de organização do trabalho, acrescenta.

O SMN refere ainda que já notificou esta "ilegalidade" à Autoridade para as Condições do Trabalho e ao Provedor de Justiça (não havendo ainda conhecimento do seu resultado) e iniciou um processo administrativo junto dos tribunais.

A greve de 48 horas dos médicos do IPO/Porto visa ainda exigir "a abolição do clima persecutório e intimidatório em prática na instituição, exercido sobre os médicos, dirigentes e delegados sindicais, que reivindicam a aplicação da legislação laboral".

Contactada pela Lusa, a administração do IPO/Porto esclarece que, no que respeita ao cumprimento da legislação em vigor (Decreto-Lei 62/79, o Ofício Circular da ACSS nº1068/2015, Acordos Coletivos de Trabalho e da Comissão Tripartida), "esta lei é clara e coincide com a interpretação e pontos de vista dos serviços do IPO-Porto".

Relativamente ao alegado "clima persecutório e intimidatório", o IPO-Porto considera estas afirmações "absolutamente fantasiosas".
Lusa
  • Enfermeiros do IPO do Porto em greve pela contratação de mais profissionais
    0:32

    Economia

    Os enfermeiros do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto estão em greve até às 21:00. Perto de uma centena de profissionais concentraram-se esta manhã em frente ao hospital. Segundo Fátima Monteiro, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, a paralisação regista hoje uma adesão de 100% no internamento, refletindo o “descontentamento" gerado pela "grave carência" destes profissionais e consequente "sobrecarga" de horários.

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.