sicnot

Perfil

País

"Portugal à Frente", coligação PSD/CDS-PP para Legislativas

O líder do CDS, Paulo Portas, anunciou esta noite, em Aveiro, que a coligação PSD/ CDS-PP, que vai concorrer às eleições Legislativas, vai chamar-se "Portugal à Frente".

PAULO NOVAIS/ LUSA

Numa sessão que contou com a presença dos líderes dos dois partidos, coube a Paulo Portas anunciar o nome da coligação, explicando depois que a escolha tinha como fundamento "o interesse nacional".

"Os dois partidos mantêm as suas siglas, os seus emblemas e as suas identidades. Mas, há qualquer coisa que nos une acima de tudo e que é o maior objetivo que podemos ter - o interesse nacional", realçou.

No dia em que se assinalam quatro anos sobre as últimas eleições Legislativas, que deram uma maioria no Parlamento ao PSD e ao CDS-PP, Paulo Portas disse que "a ideia de crise já 'bazou' felizmente" e que "a ideia de esperança é possível e é necessária".

O líder do CDS-PP referiu ainda que as diferenças entre os projetos da coligação e do PS vão tornando-se cada vez mais nítidas, acusando os socialistas de fazerem promessas "inviáveis" e que se "esgotam no dia das eleições".

"Nós oferecemos garantias. Eles simplesmente prometem o que não podem cumprir, porque mais despesa, mais dívida, menos receita e menos contribuições não é um projeto viável. Choca com as regras europeias em que estamos integrados", afirmou.

Portas acusou ainda os socialistas de não dizerem a ninguém com quem vão governar, caso sejam eleitos com minoria.

"Cuidado, porque eu acho que o projeto do PS, sem dizer quem são os seus aliados, pode fazer o país regressar à instabilidade, e à perda da confiança, do investimento e da recuperação", avisou o líder do CDS-PP.



Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.