sicnot

Perfil

País

Grupo Oriental dos Açores sob aviso amarelo devido a chuva forte

A Proteção Civil dos Açores alertou hoje para as previsões de chuva "pontualmente forte" nas ilhas do grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria) que vão estar sob aviso amarelo meteorológico até ao final da manhã.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Segundo o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), e de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), "a superfície frontal que provocou precipitação nos grupos Ocidental e Central" do arquipélago "voltou a intensificar-se, podendo agora provocar precipitação pontualmente Forte nas ilhas do grupo Oriental, especialmente em São Miguel". 

Assim, as previsões apontam para "precipitação pontualmente" forte até às 12:00 de hoje em São Miguel e Santa Maria.

O aviso amarelo é o terceiro mais grave de uma escala de quatro.

Face a estas previsões, o SRPCBA recorda que o "eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas mais vulneráveis", recomenda "a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações".


Lusa
  • Segurança da Academia de Alcochete avisado 10 minutos antes do ataque
    1:57
  • "Não acho que seja prudente" o regresso dos atletas à Academia do Sporting
    5:49

    Crise no Sporting

    As agressões aos jogadores e equipa técnica do Sporting, na Academia de Alcochete, foram o tema de uma entrevista a Ana Bispo Ramires, psicologa do desporto. Questionada sobre se os jogadores deveriam regressar ou não à academia, Ana Bispo Ramires diz que não devem fazê-lo e explica que é importante que haja medidas de atuação, o mais rápido possível, para que os atletas e restante equipa técnica do clube possam reprocessar, do ponto de vista cognitivo, as ameaças que sofreram. 

  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC