sicnot

Perfil

País

Trânsito condicionado e mais transportes públicos na grande noite das Festas de Lisboa

A celebração da noite de Santo António em Lisboa vai provocar condicionamentos ao trânsito entre hoje e sábado e motivar o reforço do serviço de transportes públicos da CP, do Metro, da Carris e da Transtejo.

© Nacho Doce / Reuters

Devido ao desfile das marchas populares, o trânsito vai estar condicionado a partir das 18:00 no eixo central da Avenida da Liberdade, na Rua Alexandre Herculano e na Rua das Pretas, e, meia hora mais tarde, vão fechar também ao trânsito automóvel o eixo central do Marquês de Pombal e a Praça dos Restauradores. Pelas 20:00, será cortada a circulação até ao Rossio.

A circulação nas vias de transportes públicos estará condicionada logo a partir das 14:30 e até às 18:00.

Entre as 18:00 de hoje e as 07:00 de sábado, os arraiais populares dos bairros de Alfama, São Vicente e Bica, em Lisboa, também vão provocar o encerramento do trânsito em 27 troços das freguesias de Santa Maria Maior, São Vicente e Misericórdia, segundo informação do município, disponível no seu 'site', no espaço de alertas (http://www.cm-lisboa.pt/alertas).

A partir das 20:00, a Avenida Ribeira das Naus vai ficar encerrada ao trânsito e os condicionamentos podem estender-se ao viaduto da Avenida Mouzinho de Albuquerque (nascente) e à D. Carlos I (lado poente).

Para dar resposta à grande procura por parte dos passageiros durante a noite de Santo António, a CP -- Comboios de Portugal anunciou que vai reforçar a sua oferta nas linhas de Sintra e Cascais, onde a procura é mais significativa. À oferta regular acrescem os seguintes comboios: no percurso Rossio -- Sintra às 02:30, 03:30, 04:30 e 05:30 e no sentido Cais do Sodré -- Cascais às 02:30, 03:30 e 04:30.

Em relação ao Metro de Lisboa, a circulação vai ser reforçada em todas as linhas, a partir das 21:00, através da utilização de composições com seis carruagens, informou a Transportes de Lisboa, que agrega o Metro, a rodoviária Carris e a Transtejo/Soflusa (ligações fluviais).

As estações de Arroios e Areeiro serão encerradas a partir das 21:00.

O serviço da Carris prevê "um reforço das carreiras da Rede da Madrugada, desde a 01:00 do dia 13 de junho".

Com partida no Cais do Sodré vão ser reforçadas as carreiras 206 (Senhor Roubado), 210 (Prior Velho), 201 (Linda-a-Velha), 202 (Portas de Benfica) e 207 (Lumiar).

Na Praça da Figueira vai haver um reforço da carreira 208 (Oriente) e no Marquês de Pombal a medida recai sobre os percursos 736 (Senhor Roubado) e 207 (Lumiar). 

Devido aos condicionamentos de trânsito, relacionados com a celebração dos Casamentos de Santo António, a realização das marchas populares e os restantes festejo, o serviço regular da Carris vai ser afetado ao longo do dia, esclareceu a empresa dia.

O grupo Transtejo também vai reforçar a oferta de lugares, a partir das 20:00, nas ligações fluviais de Cacilhas (Almada) e Barreiro, pondo a circular navios com maior lotação em função da procura.

Já no sábado, a missa solene em honra de Santo António, que se realiza às 12:00, na Sé, e a procissão pelas ruas de Alfama, a partir das 17:00, vão também provocar condicionamentos de trânsito, nos períodos entre as 11:00 e as 13:00, e entre as 15:30 e as 20:00, no Largo da Madalena, Rua das Pedras Negras, Largo de Santa Luzia, Rua do Barão, Rua São João da Praça, Cruzes da Sé.

  • Ministra emocionou-se no Parlamento
    2:26

    Tragédia em Pedrógão Grande

    A ministra da Administração Interna disse esta quarta-feira no Parlamento que está, desde a primeira hora, a recolher, analisar e cruzar todos os dados do incêndio de Pedrógão Grande. Constança Urbano de Sousa emocionou-se diante dos deputados e admitiu que tem ainda muitas dúvidas sobre o que aconteceu. Foi pedido um estudo independente ao funcionamento do sistema de comunicações de emergência e uma auditoria à Secretaria-Geral da Administração Interna, a entidade gestora do SIRESP. A ministra explicou porquê.

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contido" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.