sicnot

Perfil

País

BE quer mais proteção para a agricultura e mais regulamentação para a distribuição

A porta-voz do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, defendeu hoje, em Santarém, uma maior proteção para a atividade agrícola, ao nível da repartição de apoios e da regulação do setor da grande distribuição.

Lusa

"Os produtores agrícolas têm feito um esforço imenso e meritório, mas na realidade a agricultura só representa 2% do PIB [Produto Interno Bruto] português e portanto precisa de mais apoio e de uma organização que proteja a produção agrícola no nosso país", afirmou Catarina Martins.

Em Santarém, onde hoje visitou a Feira Nacional de Agricultura, que decorre no Centro Nacional de Exposições até domingo, a bloquista disse que os apoios europeus são "distribuídos sempre pelos mesmos grandes produtores", existindo "muitos entraves à capacidade de os pequenos produtores receberem esses apoios".

Catarina Martins defendeu por isso que os fundos "cheguem a todos os agricultores e que não fiquem concentrados" sempre nos produtores de maior dimensão.

A porta-voz do BE lembrou que "este Governo teve o compromisso de proteger a agricultura da chantagem da grande distribuição", a qual tem "uma política de relacionamento com a agricultura, com os agricultores, que esmaga os preços e a possibilidade de produção agrícola no nosso país".

Apesar de ter sido criada a PARCA - Plataforma de Acompanhamento das Relações na Cadeia Agroalimentar, a dirigente do BE sustentou que a mesma se limita "a observar" e "não faz aquilo que é essencial, que é regular os preços para que os agricultores tenham condições para vender aquilo que produzem".

Daí que o BE considere importante "pôr a grande distribuição no lugar", para que " não seja um instrumento para levar à falência os agricultores portugueses como tem sido até agora", concluiu Catarina Martins.

Lusa
  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.