sicnot

Perfil

País

Cinco feridos em colisão entre autocarro e composição do Metro Sul do Tejo no Monte Caparica

Cinco pessoas ficaram hoje feridas, duas delas politraumatizadas, devido a uma colisão entre uma composição do Metro Sul do Tejo (MST) e um autocarro da empresa Transportes Sul do Tejo (TST) no Monte Caparica (Almada), informaram os bombeiros.

De acordo com fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o acidente ocorreu às 16:20 na Avenida Timor Loro Sae, no Monte Caparica, concelho de Almada, e cerca de uma hora depois ainda estava a condicionar o trânsito automóvel tendo também obrigado à interrupção temporária da ferrovia do MST.

Segundo revelou à Lusa o CDOS de Setúbal, inicialmente havia doze pessoas que apresentavam queixas, mas, depois de avaliadas no local, verificou-se que algumas estavam apenas assustadas e não apresentavam ferimentos.

Os feridos, dois politraumatizados e três com algumas escoriações, todos ocupantes do autocarro, foram transportados ao Hospital Garcia de Orta, em Almada, distrito de Setúbal.

No local do acidente compareceram elementos dos Bombeiros da Trafaria, da GNR e uma Viatura de Emergência Médica do Hospital Garcia de Orta.

Lusa
  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".