sicnot

Perfil

País

Médicos do IPO do Porto em greve por não terem descanso

Os médicos do IPO do Porto iniciam hoje dois dias de greve, convocada pelo Sindicato dos Médicos do Norte.

A distinção, disse fonte do IPO à Lusa, é uma garantia de que os serviços prestados estão de acordo com os protocolos da ESMO. (Arquivo)

A distinção, disse fonte do IPO à Lusa, é uma garantia de que os serviços prestados estão de acordo com os protocolos da ESMO. (Arquivo)

SIC

De acordo com o sindicato, os clínicos estão impedidos de cumprir o descanso compensatório, depois do trabalho noturno e acabam por trabalhar plo menos 30 horas seguidas. 

A paralisação é apoiada pela Ordem dos Médicos do Norte que acusa a administração de desrespeitar a lei. 

O Insitituto Português de Oncologia do Porto considera a greve "inoportuna e injustificada" e diz que a legislação coincide com a interpretação e pontos de vista dos serviços do IPO.
  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.