sicnot

Perfil

País

Polícia Judiciária detém em Lisboa suspeito de ligação ao narcotráfico em Itália

A Polícia Judiciária deteve na zona de Lisboa um homem alvo de um mandado internacional por suspeita de ligação a uma poderosa organização de narcotráfico italiana ligada à máfia calabresa "Ndrangheta", disse à Lusa fonte policial.

No âmbito de uma operação de grande envergadura de combate ao tráfico de droga internacional desenvolvida em Itália foram detidas mais sete pessoas e apreendidos cerca de quatro milhões de euros. (Arquivo)

No âmbito de uma operação de grande envergadura de combate ao tráfico de droga internacional desenvolvida em Itália foram detidas mais sete pessoas e apreendidos cerca de quatro milhões de euros. (Arquivo)

© Daniel Becerril / Reuters

A fonte da PJ adiantou que o suspeito, de 34 anos, detido na quarta-feira, na zona de Lisboa, tem dupla nacionalidade, brasileira/portuguesa, e que no âmbito de uma operação de grande envergadura de combate ao tráfico de droga internacional desenvolvida em Itália foram detidas mais sete pessoas e apreendidos cerca de quatro milhões de euros. 

O detido foi ouvido hoje no Tribunal da Relação de Lisboa, que decretou a sua prisão preventiva enquanto aguarda o processo de extradição para Itália.

A operação internacional decorreu em simultâneo noutros países, como Espanha, sublinhando a fonte da Polícia Judiciária (PJ) a importância da cooperação e coordenação entre as várias polícias envolvidas.

Através dessa cooperação, e no cumprimento de um mandado de detenção internacional, a PJ conseguiu localizar na zona de Lisboa o suspeito e coordenar a sua detenção com as autoridades italianas para que as operações decorressem em simultâneo, para evitar alertas e fugas de informação.  

Entretanto, a polícia financeira italiana também anunciou a apreensão de cerca de quatro milhões de euros em dinheiro, encontrados enterrados no jardim da vivenda do líder da rede internacional de traficantes de droga, perto de Turim (noroeste). 

As autoridades emitiram 15 mandados de captura e detiveram sete pessoas em Itália e a PJ um em Portugal. Sete outros suspeitos, incluindo três brasileiros, continuam a ser procurados. 

Estas pessoas são suspeitas de pertencer a uma organização internacional de traficantes de droga, que importava cocaína da América do Sul para a máfia calabresa, a "Ndrangheta". 

De acordo com a polícia italiana, trata-se de "uma das maiores organizações de narcotráfico presentes em Itália, com uma base operacional na província de Turim e importantes ramificações" noutras regiões italianas. 

O dinheiro enterrado era "o tesouro" da organização criminosa. Além do dinheiro, a polícia encontrou vários relógios valiosos, incluindo 26 'Rolex', joias e outros objetos preciosos. 

Durante o inquérito, que se prolongou por meses, 415 quilogramas de cocaína, no valor de cerca de 35 milhões de euros, foram apreendidos em três operações diferentes no porto espanhol de Valença (nordeste). 

Bens imobiliários, contas correntes, sociedades e automóveis no valor total de oito milhões de euros foram apresados.
Lusa
  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.