sicnot

Perfil

País

GNR deteta 41 infrações em transporte de crianças

 A GNR detetou, em 11 dias, 41 infrações por falta de cinto de segurança ou de cadeirinhas em autocarros que transportam crianças durante o verão para a praia, indicou hoje a corporação. 

(SIC/ Arquivo)

Em comunicado, para fazer o balanço da operação "tempos livres", a decorrer até 31 de julho, a GNR refere que, entre 08 e 18 de junho, foram fiscalizadas 1.505 viaturas de transporte de crianças, tendo sido detetadas 41 infrações por falta de uso de cinto de segurança ou de cadeirinhas.

A Guarda Nacional Republicana intensifica, até dia 31 de julho, a fiscalização aos transportes coletivos de criança que, nesta altura do ano, se deslocam para os locais de veraneio. 

As ações de fiscalização, levadas a cabo por militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos diversos comandos territoriais, são direcionadas para os itinerários de acesso às praias, incidindo sobretudo na verificação das condições específicas requeridas para estes veículos e para o uso dos sistemas de retenção por parte das crianças durante o seu transporte.


  • GNR fiscaliza transporte coletivo de crianças
    2:33

    País

    Até ao final do próximo mês a GNR vai estar nas estradas para fiscalizar o transporte coletivo de crianças , sobretudo nos itenerários de acesso às praias . Esta manhã vários pesados de passageiros foram inspecionados à entrada da Costa da Caparica e é de salientar o respeito pelas normas.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes