sicnot

Perfil

País

Levantada interdição de banhos na praia da Figueirinha, em Setúbal

A interdição de banhos na praia da Figueirinha, em Setúbal, foi hoje levantada, depois de a contra análise à qualidade da água ter apresentado valores considerados normais, disse à agência Lusa a Polícia Marítima (PM).

Segundo a PM, o capitão do porto de Setúbal, Luís Jiménez, ordenou, cerca das 15:30, a notificação dos quatro concessionários da praia do levantamento da proibição de banhos de mar.

A decisão de levantar a interdição surgiu após a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) ter notificado a Capitania do porto e a Câmara Municipal de Setúbal de que a contra análise "apresentava valores normais" e inferiores àqueles que determinaram o hastear da bandeira vermelha cerca das 11:00 de sexta-feira.

A praia da Figueirinha, em Setúbal, estava interdita a banhos desde sexta-feira, depois de o capitão do porto de Setúbal ter sido alertado pela APA para a presença da bactéria `E.coli´ nas últimas análises à qualidade da águia.

Na ocasião, a APA explicou que "a causa deste episódio poderia estar associada a uma eventual descarga pontual, localizada no mar".

A praia da Figueirinha, a única do concelho de Setúbal a candidatar-se este ano à atribuição da bandeira azul, que regista uma grande afluência durante o verão, apresentou este fim de semana um cenário pouco habitual, com pouca gente no areal e muitos lugares vagos para estacionamento. 









Lusa
  • "Fiquei absolutamente perplexo com a escolha de Elina Fraga"
    0:43

    País

    Rogério Alves diz que ficou perplexo com a escolha de Elina Fraga para a vice-presidência do PSD. Em declarações à TSF e Diário de Notícias, o antigo bastonário da Ordem dos Advogados lembra as divergências com o governo de Passos Coelho, sobretudo em matérias de justiça.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07