sicnot

Perfil

País

Levantada interdição de banhos na praia da Figueirinha, em Setúbal

A interdição de banhos na praia da Figueirinha, em Setúbal, foi hoje levantada, depois de a contra análise à qualidade da água ter apresentado valores considerados normais, disse à agência Lusa a Polícia Marítima (PM).

Segundo a PM, o capitão do porto de Setúbal, Luís Jiménez, ordenou, cerca das 15:30, a notificação dos quatro concessionários da praia do levantamento da proibição de banhos de mar.

A decisão de levantar a interdição surgiu após a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) ter notificado a Capitania do porto e a Câmara Municipal de Setúbal de que a contra análise "apresentava valores normais" e inferiores àqueles que determinaram o hastear da bandeira vermelha cerca das 11:00 de sexta-feira.

A praia da Figueirinha, em Setúbal, estava interdita a banhos desde sexta-feira, depois de o capitão do porto de Setúbal ter sido alertado pela APA para a presença da bactéria `E.coli´ nas últimas análises à qualidade da águia.

Na ocasião, a APA explicou que "a causa deste episódio poderia estar associada a uma eventual descarga pontual, localizada no mar".

A praia da Figueirinha, a única do concelho de Setúbal a candidatar-se este ano à atribuição da bandeira azul, que regista uma grande afluência durante o verão, apresentou este fim de semana um cenário pouco habitual, com pouca gente no areal e muitos lugares vagos para estacionamento. 









Lusa
  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • Manifestações de apoio aos pais de Alfie impedidos de o levar para Itália
    3:03

    Mundo

    A justiça britânica rejeitou um novo recurso dos pais do bebé Alfie, que está em estado semivegetativo. O objetivo era levar o menino para Itália, para ser assistido numa unidade pediátrica no Vaticano. Os pais não querem que as máquinas sejam desligadas, mas os médicos defendem que os tratamentos são inúteis.