sicnot

Perfil

País

Ministério Público investiga queda de carro ao Tejo

O Ministério Público (MP) está a investigar as circunstâncias da queda de um carro, hoje de madrugada, no rio Tejo, numa zona próxima da estação de comboios de Santa Apolónia, em Lisboa, da qual resultou duas mortes, indicou a Marinha.

As vítimas mortais eram um sargento reformado da Marinha portuguesa, de 60 anos, e uma assistente técnica administrativa, de 58 anos, que exercia funções na Capitania do Porto de Cascais.

De acordo com um comunicado conjunto da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional, encontram-se ainda "em processo de investigação, sob a alçada do Ministério Público, os motivos que levaram a viatura onde seguiam a ter caído à água no rio Tejo".

Manifestando consternação com o sucedido, as duas entidades informaram estar disponíveis para colaborar "no apuramento das circunstâncias em que ocorreu este acidente".

O alerta foi dado hoje cerca das 03:20 por um grupo de jovens, que testemunhou no local que um carro de matrícula portuguesa tinha caído ao rio, disse anteriormente à agência Lusa o comandante do Porto de Lisboa, Cruz Gomes.

O acidente ocorreu na Rua da Cintura do Porto de Lisboa.

A Capitania do Porto de Lisboa deslocou para o local uma embarcação da Polícia Marítima e, com o apoio dos mergulhadores dos Sapadores Bombeiros, verificou a existência de uma viatura dentro de água com duas pessoas a bordo.



Lusa
  • Carro caiu ao rio em Lisboa, duas pessoas morreram
    1:08

    País

    Duas pessoas morreram esta madrugada, na sequência da queda de um carro no rio Tejo, em Lisboa. Um homem que terá entre 50 e 60 anos e uma mulher cuja idade é desconhecida foram encontrados sem vida no interior da viatura, como explica o comandante Comandante Cruz Gomes da Capitania do Porto de Lisboa. Não se sabe ainda o que terá motivado a queda do veículo.

  • Sessão solene no Parlamento e desfile popular nas celebrações do 25 de Abril

    País

    Os 43 anos da Revolução dos Cravos são hoje comemorados com a sessão solene no Parlamento e o tradicional desfile popular, tendo o Presidente da República escolhido o 25 de Abril para condecorar, a título póstumo, Francisco Sá Carneiro. A SIC Notícias acompanha esta manhã a sessão solene na Assembleia da República. Veja aqui em direto.

  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.