sicnot

Perfil

País

Ministério Público investiga queda de carro ao Tejo

O Ministério Público (MP) está a investigar as circunstâncias da queda de um carro, hoje de madrugada, no rio Tejo, numa zona próxima da estação de comboios de Santa Apolónia, em Lisboa, da qual resultou duas mortes, indicou a Marinha.

As vítimas mortais eram um sargento reformado da Marinha portuguesa, de 60 anos, e uma assistente técnica administrativa, de 58 anos, que exercia funções na Capitania do Porto de Cascais.

De acordo com um comunicado conjunto da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional, encontram-se ainda "em processo de investigação, sob a alçada do Ministério Público, os motivos que levaram a viatura onde seguiam a ter caído à água no rio Tejo".

Manifestando consternação com o sucedido, as duas entidades informaram estar disponíveis para colaborar "no apuramento das circunstâncias em que ocorreu este acidente".

O alerta foi dado hoje cerca das 03:20 por um grupo de jovens, que testemunhou no local que um carro de matrícula portuguesa tinha caído ao rio, disse anteriormente à agência Lusa o comandante do Porto de Lisboa, Cruz Gomes.

O acidente ocorreu na Rua da Cintura do Porto de Lisboa.

A Capitania do Porto de Lisboa deslocou para o local uma embarcação da Polícia Marítima e, com o apoio dos mergulhadores dos Sapadores Bombeiros, verificou a existência de uma viatura dentro de água com duas pessoas a bordo.



Lusa
  • Carro caiu ao rio em Lisboa, duas pessoas morreram
    1:08

    País

    Duas pessoas morreram esta madrugada, na sequência da queda de um carro no rio Tejo, em Lisboa. Um homem que terá entre 50 e 60 anos e uma mulher cuja idade é desconhecida foram encontrados sem vida no interior da viatura, como explica o comandante Comandante Cruz Gomes da Capitania do Porto de Lisboa. Não se sabe ainda o que terá motivado a queda do veículo.

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.