sicnot

Perfil

País

Três concelhos de Santarém e Castelo Branco em risco máximo de incêndio

Três concelhos dos distritos de Santarém e Castelo Branco apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo informação disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

De acordo com o IPMA, em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Mação, Sardoal (Santarém) e Vila de Rei (Castelo Branco).

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio vários concelhos dos distritos de Faro, Beja, Évora, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Leiria, Coimbra, Guarda, Viseu, Aveiro, Porto e Vila Real.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou no domingo 105 incêndios, que foram combatidos por 1.490 operacionais, com o apoio de 393 veículos.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro períodos de céu muito nublado, apresentando-se geralmente muito nublado na faixa costeira, e aguaceiros, que poderão ser por vezes de granizo e acompanhados de trovoada, em especial nas regiões do interior e durante a tarde.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante oeste, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais da faixa costeira e descida da temperatura máxima, sendo acentuada no litoral.

No sul prevê-se céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado até final da manhã e no final do dia no litoral, em especial no litoral oeste, vento em geral fraco do quadrante oeste, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais da faixa costeira ocidental e pequena descida das temperaturas.

Em Lisboa as temperaturas vão variar entre 17 e 26 graus Celsius, no Porto entre 18 e 22, em Viseu entre 16 e 27, na Guarda entre 18 e 27, em Coimbra entre 17 e 26, em Castelo Branco entre 19 e 32, em Portalegre entre 18 e 31, em Évora entre 14 e 30, em Beja entre 16 e 32, em Faro entre 19 e 29 e em Santarém entre 16 e 28.



Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.