sicnot

Perfil

País

Assunção Esteves enaltece percurso "político e cidadão" de Jorge Sampaio

A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, congratulou-se hoje com a atribuição do Prémio Nelson Mandela a Jorge Sampaio e enalteceu o percurso "político e cidadão" do ex-chefe do Estado.

© Rafael Marchante / Reuters

"Jorge Sampaio tem um percurso de político e cidadão de alma inteira. Dentro e fora das instituições, ele é uma referência permanente de todos nós. Orgulhamo-nos da sua pertença à nossa comunidade e registamos o seu exemplo", considerou Assunção Esteves, numa nota enviada à agência Lusa.

O antigo Presidente Jorge Sampaio foi um dos agraciados, na segunda-feira passada, na primeira edição do Prémio Nelson Mandela, das Nações Unidas, pelo seu trabalho por um mundo melhor.

O prémio foi atribuído a Jorge Sampaio e uma oftalmologista da Namíbia, Helena Ddume.

O galardão foi criado no ano passado pela Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), para homenagear personalidades que se tenham dedicado a promover os ideais da organização. Tem como objetivo também prestar tributo aos esforços de Nelson Mandela "a favor da reconciliação, da transição política e da transformação social", indica a Assembleia em comunicado.

Jorge Sampaio, Presidente da República durante 10 anos (1996 a 2006), foi antes presidente da Câmara de Lisboa. De 2006 a 2012 foi enviado especial da ONU na luta contra a tuberculose. 

No texto em que anuncia os premiados, as Nações Unidas citam os esforços de Jorge Sampaio, 75 anos, como "grande apoiante da democracia portuguesa", desde o tempo de estudante em que era um ativista político e depois do 25 de Abril, como político.

E falam de Jorge Sampaio Presidente, trabalhando para construir uma imagem de um Portugal democrática e moderna enquanto apoiava a integração europeia e supervisionava a entrega de Macau à China.

Os prémios serão entregues numa cerimónia nas Nações Unidas no dia 24 de julho e que se integra nas comemorações da vida de Nelson Mandela, que morreu em dezembro de 2013.





Lusa
  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14