sicnot

Perfil

País

Determinadas as medidas de coação a duas farmacêuticas suspeitas de burla ao SNS

Já são conhecidas as medidas de coação das duas farmacêuticas detidas em Lisboa por suspeitas de alegados crimes de burla qualificada ao Serviço Nacional de Saúde. A mais nova de 39 anos fica obrigada a prestar 50 mil euros de caução enquanto a mais velha de 70 anos fica suspensa de funções.  

Segundo a investigação, mãe e filha terão lesado o Estado em mais de 100 mil euros através de um esquema de simulação de venda de medicamentos comparticipados. 

Utilizavam alegadamente as receitas do Serviço Nacional de Saúde, aproveitando os montantes dos medicamentos comparticipados e não transacionados para dispensar outros medicamentos aos clientes que também colaboravam no esquema. 

As autoridades não revelam o numero exacto, mas, além das duas farmacêuticas, foram constituídos arguidos alguns utentes. A investigação da Polícia Judiciária durava há mais de um ano. 
  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.