sicnot

Perfil

País

Ministra diz que ninguém entenderia que magistrados tivessem aumentos de 40%

Ministra diz que ninguém entenderia que magistrados tivessem aumentos de 40%

A ministra da Justiça afirma que não tem nenhuma guerra com os sindicatos e que, se alguma coisa mudou, foi a atuação das atuais direções. À saída do plenário da Assembleia da República, Paula Teixeira da Cruz comentou assim o corte de relações institucionais, anunciado pela Associação Sindical dos Juízes Portugueses e pelo Sindicato dos Magistrados do Ministério Público. Para a ministra, ninguém entenderia que os magistrados tivessem aumentos na ordem dos 40%.

  • Sindicato do Ministério Público deixa fortes críticas à ministra da Justiça
    0:50

    País

    O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público disse esta sexta-feira, em conferência de imprensa, que já não é possível aprovar a reforma do estatuto profissional. Para os representantes da classe, a ministra eclipsou-se, tendo cortado unilateralmente o diálogo depois de ter sido feita uma reunião, há mais de um mês. O presidente do sindicato, António Ventinhas, pede ainda explicações ao primeiro-ministro. Recorde-se que o braço de ferro entre o Ministério e os magistrados do Ministério Público teve já vários episódios, com acusações da ministra, em que dizia que a principal preocupação era a da tabela salarial.

  • Juízes cortam relações com ministra da Justiça
    1:13

    País

    A Associação Sindical dos Juízes acaba de cortar relações com a ministra da Justiça. Em causa está a revisão do estatuto dos magistrados.A ministra diz que exigiam ordenados exorbitantes. Os juízes respondem que Paula Teixeira da Cruz está a faltar à verdade.

  • Donaldtrumpi, a traça

    Mundo

    O investigador Vazrick Nazari decidiu dar o nome de Donald Trump a uma nova espécie de traça. O inseto foi descoberto na Califórnia e tem algo em comum com o Presidente dos Estados Unidos: uma pelagem loura muito parecida ao penteado de Trump.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.