sicnot

Perfil

País

Direção-Geral da Saúde alerta para temperaturas muito elevadas nos próximos dias

A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu hoje um comunicado com uma série de recomendações aos cidadãos devido às previsões de valores de temperatura muito elevados, que colocam três distritos e três concelhos alentejanos em alerta vermelho na segunda-feira.

"Na sequência da previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, para valores de temperatura muito elevados, especialmente da máxima, e após o registo de temperaturas máximas observadas próximo ou superiores a 40ºC no Alentejo, são emitidos alertas vermelhos, para dia 29 de junho de 2015, para os distritos de Portalegre, Évora e Beja e concelhos de Grândola, Alcácer do Sal e Santiago do Cacém", lê-se no comunicado da DGS.

Neste contexto, a DGS recomenda que os cidadãos tomem uma série de medidas preventivas, desde logo, que procurem ambientes frescos e arejados ou climatizados e evitem a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11:00 e as 17:00.

Também é recomendado o aumento da ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, e uma atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor, tais como crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas e em carência económica e social.

Já os doentes crónicos ou sujeitos a dieta com restrição de líquidos, devem seguir as recomendações do médico assistente ou da linha Saúde 24 (808 24 24 24).

A DGS salienta que se deve contactar e acompanhar os idosos e outras pessoas que vivam isoladas, de forma a assegurar a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado.

Outra recomendação passa por assegurar que as crianças consomem frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado. E as crianças com menos de seis meses não devem estar sujeitas a exposição solar, direta ou indireta.

Quanto às grávidas são recomendados cuidados especiais: moderar a atividade física, evitar a exposição direta ou indireta ao sol e garantir ingestão frequente de líquidos.

De resto, é recomendada a utilização de protetor solar com fator igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de duas em duas horas e após os banhos na praia ou piscina, que não devem ser frequentadas entre as 11:00 e as 15:00.

Os cidadãos devem utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta, bem como escolher horas de menor calor para viajar de carro, sendo ainda recomendado que não permaneçam dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol.

Finalmente, deve-se evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente laborais, desportivas e de lazer no exterior.



Lusa
  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional.