sicnot

Perfil

País

Helicóptero de combate a incêndios cai perto de Cavaleiros, Paços de Ferreira

Um helicóptero de combate a incêndios caiu por volta das 13:00 perto da localidade de Cavaleiros, em Paços de Ferreira. O aparelho despenhou-se quando estava a abastecer de agua numa lagoa. Os bombeiros estão neste momento a assistir o piloto, que era o único ocupante deste helicóptero de combate aos fogos. Fonte da Proteção Civil de Paços de Ferreira afirmou que o acidente provocou um ferido ligeiro e adiantou que foi transportado para o Hospital de S. João, no Porto.

O helicóptero de combate a incêndios caiu nesta lagoa onde tentava abastecer

O helicóptero de combate a incêndios caiu nesta lagoa onde tentava abastecer

Carlos Seabra/ SIC

Google Maps

Em declarações à Lusa, o comandante operacional distrital do Porto, Carlos Alves, disse que o helicóptero ligeiro continuava, antes das 14:00, submerso na lagoa onde estava a reabastecer-se de água, estando o piloto "consciente, orientado" e sem apresentar qualquer tipo de lesão grave. 

Fonte dos Bombeiros Voluntários de Freamunde disse que o alerta foi dado às 13:25.

O helicóptero estava a reabastecer-se para prestar apoio num incêndio que está a ser combatido em Sanfins, disse à Lusa a mesma fonte dos bombeiros.

Com Lusa
  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.